Gaudete

Alegra-te, o Senhor está contigo

Qual a diferença entre Igreja Católica Romana e Igreja Católica Ortodoxa?

É verdade que muitas pessoas não sabem a diferença entre a Igreja Católica Romana e a Igreja Católica Ortodoxa. As duas igrejas são vertentes do cristianismo.

A diferença mais evidente fica por conta da liderança das igrejas. A Católica Romana acredita na primazia de um dos bispos, o Bispo de Roma, que é o Papa. Ele é a autoridade máxima na igreja.

Já os ortodoxos não creem na supremacia do Papa. Devido a uma divisão ocorrida em 1054, alguns de seus rituais, crenças e até mesmo símbolos são diferentes da igreja romana.

A cristandade já tinha se dividido entre igrejas nestorianas e pré-calcedônias (que não aceitaram o Concílio da Calcedônia no ano de 451). Porém, mantinha sua unidade dentro do território correspondente ao Império Romano.

No entanto, após a queda do Império Romano no Ocidente, as diferenças entre o cristianismo praticado no Ocidente e no Oriente foram se acentuando.

As diferenças da Igreja Católica e a Igreja Ortodoxa

As distinções culturais e lutas por poder levaram ao rompimento das duas vertentes. A diferença na língua e o questionamento da autoridade papal culminaram na separação das igrejas em 1054, em um episódio conhecido como “Cisma do Oriente”.

Assim, os que hoje se denominam da Igreja Católica Romana estavam radicados na Europa Ocidental. Os que se tornaram católicos ortodoxos se concentravam na Europa Oriental e Oriente Médio.

No passado, a linguagem utilizada durante os cultos foi uma grande diferença entre as duas vertentes.

Enquanto na Igreja Católica Romana os cultos eram realizados em latim, na Igreja Ortodoxa eram usadas as línguas nativas, como grego, hebraico ou russo.

Nessas igrejas também há uma diferença sobre o uso de imagens. Na Igreja Católica Romana são usadas tanto estátuas quanto pinturas, enquanto na Católica Ortodoxa os fiéis não veneram estátuas.

Outra diferença está no modo de rezar. Enquanto os católicos romanos costumam orar ajoelhados, os ortodoxos o fazem em pé.

Uma das maiores diferenças entre as duas correntes do cristianismo está na visão sobre o papa.

A Igreja Católica Romana acredita na primazia papal. Já os ortodoxos, apesar de reconhecerem o papa como o Bispo de Roma e o primeiro da cristandade, rejeitam sua supremacia no governo da igreja e sua infalibilidade em assuntos de moral e fé.

Leia também: Saiba a ordem dos 7 sacramentos da Igreja Católica

Breno Barros

Breno Barros

Breno Barros é jornalista. Editor do portal Gaudete e conta com experiências em coberturas jornalísticas nos principais eventos esportivos mundiais, sendo três edições dos Jogos Olímpicos (Londres, Rio e Tóquio), duas Olimpíadas da Juventude (China e Argentina). Membro Consagrado da Comunidade Colo de Deus.

Um comentário em “Qual a diferença entre Igreja Católica Romana e Igreja Católica Ortodoxa?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo