Gaudete

Alegra-te, o Senhor está contigo

Padre francês choca mundo com paródias de sacrilégio à missa

Um padre “influenciador” francês chocou o mundo depois de postar alguns vídeos polêmicos no TikTok. 

Os seus vídeos com paródias com sacrilégio à missa, incluindo uma cena com uma “freira sexy” e seu apoio a agenda gay.

Nos vídeos, o padre Matthieu Jasseron, da Arquidiocese de Lens e Auxerre, aparece fazendo gestos de DJ sobre o cálice e brincando com outros objetos sagrados no altar de uma igreja.

Depois que o escândalo estourou, o padre apagou o vídeo. 

Mais vídeos

Outro vídeo mostra Jasseron derramando vinho do altar direto da garrafa para um cálice enquanto faz estranhas expressões faciais. 

Quando ele entra na sacristia para pegar outra garrafa de vinho, uma jovem freira aparentemente embriagada invade a porta vestindo uma minissaia, sorrindo e segurando outra garrafa de vinho. 

Em um terceiro vídeo, postado em julho de 2021, o padre francês levanta um cachorro em pé no púlpito de uma igreja, simulando uma cena do filme de animação “O Rei Leão”.

O vídeo do cachorro gerou um pronunciamento da conferência dos bispos franceses em agosto de 2021.

“A CEF desaprova alguns desses vídeos que distorcem a mensagem da Igreja. A conferência adverte que ter muitas opiniões não significa que elas estejam certas”, apontaram na ocasião os bispos franceses.

Em um vídeo mais recente, o padre, que é pároco da paróquia de Saint-Jean de Joigny desde 2019, expressa sua satisfação com a bênção para casais homossexuais.

A pergunta que fica no ar: até que ponto um padre precisa chegar para ganhar curtidas e visualizações nas redes sociais?

Leia também: Número de católicos aumenta no mundo

Breno Barros

Breno Barros

Breno Barros é jornalista. Editor do portal Gaudete e conta com experiências em coberturas jornalísticas nos principais eventos esportivos mundiais, sendo três edições dos Jogos Olímpicos (Londres, Rio e Tóquio), duas Olimpíadas da Juventude (China e Argentina). Membro Consagrado da Comunidade Colo de Deus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo