Gaudete

Alegra-te, o Senhor está contigo

Como rezar o terço? 3 passos para rezar o terço com os mistérios

O Terço é uma oração muito querida e praticada e tem uma grande importância na devoção à Virgem Maria. No entanto, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre como rezar o Terço e quais são as suas divisões. Neste artigo, explicaremos passo a passo como rezar o Terço e as suas diferentes partes, para que você possa se aproximar ainda mais da Virgem Maria e do seu filho Jesus.

Como rezar o terço para iniciantes?

Rezar o terço é um sinal de devoção a Jesus e Maria. Por meio dessa oração, estabelecemos uma conexão íntima com Deus através do coração da Boa Mãe.

O Terço é uma das mais importantes devoções marianas, que consiste em uma série de orações meditativas repetidas em um conjunto de contas.

A Virgem Maria apareceu a muitos santos e pediu que rezassem o Terço para alcançar graças especiais.

Como rezar o terço passo a passo?

O Terço é composto por quatro partes, cada uma das quais é formada por cinco mistérios. Os mistérios são passagens da vida de Jesus e de Maria, que devem ser meditados enquanto se reza o Terço.

Os mistérios são divididos em quatro grupos, chamados de “mistérios gozosos”, “mistérios dolorosos”, “mistérios gloriosos” e “mistérios luminosos”.

Como rezar o terço
Como rezar o terço

Oração do Rosário
A oração do Rosário é uma das mais conhecidas e praticadas na tradição cristã. Ela consiste na recitação de uma sequência de orações e meditações sobre a vida de Jesus e de Maria. Maria, em diversas aparições, pediu que seus filhos rezassem o Rosário como uma forma de se aproximar de Deus e alcançar a santidade.

A primeira aparição de Maria em relação ao Rosário ocorreu por volta do ano 1200, quando ela apareceu a São Domingos de Gusmão e lhe apresentou o Rosário com os mistérios gozosos, dolorosos e gloriosos. São Domingos, que na época trabalhava na conversão de hereges, aceitou o pedido de Maria e passou a divulgar a oração do Rosário, que logo se difundiu na tradição cristã.

Outra aparição de Maria em relação ao Rosário ocorreu em Fátima, Portugal, entre maio e outubro de 1917. Nesses dias, Maria apareceu a três crianças e lhes pediu que rezassem o terço diariamente. Esse pedido de Maria foi reforçado em diversas ocasiões e acabou se tornando uma prática comum entre os fiéis.

A importância de rezar o terço

Rezar o terço é uma forma de expressar o nosso amor e devoção a Maria, mas também é uma maneira de lidar com os desafios de nossos tempos e alcançar a misericórdia de Deus. Muitos fiéis relatam ter recebido graças especiais por meio da oração do Rosário e do terço, e por isso, essas práticas continuam sendo populares até hoje.

Rosário ou terço?

É importante destacar que existem diferenças entre o Rosário e o terço. O Rosário é uma versão mais longa e contempla todos os ministérios da vida de Jesus. Até 2002, ele continha 150 ave-marias, mas depois disso, o Papa São João Paulo II adicionou um ministério a mais, totalizando 200 ave-marias. Já o terço é a terça parte do Rosário e contém 50 ave-marias. Ambos possuem também uma quantidade de Pai Nossos, Glórias ao Pai e o Credo.

Rezar o Rosário ou o terço é uma prática que une os fiéis em oração e em devoção a Maria. Mais do que uma simples oração, é um gesto de amor e confiança na intercessão da Mãe de Deus.

Rezar o terço é um sinal de devoção a Jesus e Maria. Por meio dessa oração, estabelecemos uma conexão íntima com Deus através do coração da Boa Mãe.

Para preencher o vazio do seu coração e encontrar o sentido para a sua vida, receba as Cartas à Alma no seu e-mail

Você também pode fazer parte do Clube da Alma, onde você encontra um lugar para crescer espiritualmente. Vídeos exclusivos todas as semanas.

Clube da Alma

Leia também: Descubra a história de Frei Gilson e da comunidade que faz parte

Breno Barros

Breno Barros

Breno Barros é jornalista. Editor do portal Gaudete e conta com experiências em coberturas jornalísticas nos principais eventos esportivos mundiais, sendo três edições dos Jogos Olímpicos (Londres, Rio e Tóquio), duas Olimpíadas da Juventude (China e Argentina). Membro Consagrado da Comunidade Colo de Deus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo