Gaudete

Alegra-te, o Senhor está contigo

5 razões de Santa Teresinha do Menino Jesus ser Doutora da Igreja aos 24 anos

Como uma jovem que morreu aos 24 anos, enclausurada no mosteiro, que não frequentou aulas de teologia, nunca expôs sua “doutrina”, conseguiu virar doutora da Igreja? 

A história de Santa Teresinha do Menino Jesus mostra o poder que existe na simplicidade da alma e do coração.  

Pouco antes de sua morte, Teresinha profetizou que “passaria seu tempo no céu fazendo o bem na terra”.

Hoje, 125 anos depois de sua morte, como professora e médica universal, continua a ensinar aos pobres e simples de coração o caminho do abandono, da humildade e do amor. 

Há 25 anos, o Papa João Paulo II assinou a carta apostólica Divini Amoris Scientia e proclamou Teresa Lisieux como a 33ª Doutora da Igreja.

Mas o que levou o Papa João Paulo II a proclamar Santa Teresinha, a mais jovem Doutora da Igreja, como mestra universal na doutrina do amor? 

Confira 5 razões de Santa Teresinha do Menino Jesus ser Doutora da Igreja aos 24 anos

Santa Teresinha do Menino Jesus, doutora da Igreja.

1 – Simplicidade

A autoridade universal da doutrina de Teresa reside na capacidade de ter ido com simplicidade e profundidade únicas ao coração do evangelho.

Ela encarna e prega com sua vida e sua palavra a centralidade do evangelho: o chamado de Jesus para nos tornarmos como crianças, para nos reconhecermos tão pobres e pequenos como “filhos amados de Deus”.

2 – Divina Misericórdia

Doutora para os nossos tempos, porque pôs em destaque a mensagem da Divina Misericórdia.

Assim, abrindo as portas da esperança a tantos esmagados pela miséria moral e espiritual a que conduziram as ideologias do mundo moderno.

3- Paixão pelo Evangelho

A principal fonte de sua experiência espiritual e de seu ensino é a palavra de Deus, no Antigo e no Novo Testamento.

Ela mesma o confessou, destacando sobretudo o seu amor apaixonado pelo Evangelho.

Em seus escritos há mais de mil citações bíblicas: mais de quatrocentas do Antigo Testamento e mais de seiscentas do Novo.

4- Amor pela Igreja

O contato com seus escritos leva a um amor efetivo e afetivo pela Igreja como Corpo Místico de Cristo .

É no Coração da Igreja, bebendo da fonte sacramental, que ela nos coloca para que, de mãos dadas, vivamos a “vocação ao amor”.

5- Exemplo de juventude

Como jovem, apresenta-se como mestra de vida evangélica, particularmente eficaz para iluminar os caminhos dos jovens, que devem ser protagonistas e testemunhas do Evangelho entre as novas gerações.

Leia também: Veja primeiro corpo hiper-realista de Jesus Cristo

Breno Barros

Breno Barros

Breno Barros é jornalista. Editor do portal Gaudete e conta com experiências em coberturas jornalísticas nos principais eventos esportivos mundiais, sendo três edições dos Jogos Olímpicos (Londres, Rio e Tóquio), duas Olimpíadas da Juventude (China e Argentina). Membro Consagrado da Comunidade Colo de Deus.

2 comentários em “5 razões de Santa Teresinha do Menino Jesus ser Doutora da Igreja aos 24 anos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo