Derrotados e presos pelos buracos, assim muitas vezes nos encontramos. Mas é na perseverança e fé que lutamos até o limite de nossas forças para que nosso coração grite: ME AJUDA SENHOR!