dom_amor

O dom do amor dado a nós pelo Espirito Santo

Não devemos ter outro amor maior do que o nosso amor para com Deus Trindade Santa.

Nós amamos a Deus Pai, Filho e Espirito: Amamos a Deus!  “Amar a Deus sobre todas as coisas” é ser livre dos amores que nos escravizam. Amar a Deus sobre todas as coisas é amar e ser livre de todos os tormentos e apegos a tudo que é passageiro;

O dom do amor perfeito a Deus nos leva ao perfeito amor para com o próximo

Ouçamos a voz do amor que nos diz:

Será pelo poder do amor que a humanidade poderá ser salva

Amando, primeiramente a Deus, e com esse amor a Deus em nosso coração, amando os irmãos e irmãs.

Nós, cristãos católicos, amamos com o amor de Deus, pois sabemos que o amor de Deus está presente no coração de todos os seus filhos (as);

Devemos nos amar como Igreja, amando-nos uns aos outros, para podermos afrentar os desafios que virão em nossa frente.

“Mostrai amor e caridade pelo vosso vizinho e sede bondosos com os pobres, fracos e indefesos”, e Jesus nos tomará para Ele, seremos dele por toda a eternidade.

Para amar de verdade eviteis criticar os outros ou falar mal sem necessidade, não murmureis…

Para amar como Deus nos pede, eviteis pisar nos fracos.

A fonte do amor é Deus, manifestado em Jesus Crucificado e ressuscitado.

É impossível ser cristão sem ter amor no coração pelos outros, pois o amor é o Dom de Deus dado gratuitamente a todos os seus filhos (as);

Quem ama verdadeiramente a Jesus, trata os outros com amor e respeito;

Quando somos cruéis com os outros, falando mal deles ou os criticando injustamente, então estamos rejeitando o amor que Jesus nos concedeu.

No seu lugar está o ódio. O ódio por outro ser humano vem de Satanás. Quando nós permitimos que o ódio endureça o nosso coração, distanciamo-nos de Jesus e ficamos profundamente agitados dentro das nossas almas.

Devemos amar aos irmãos (ãs) com palavras, gestos, atitudes e ações de caridades. Se vivermos o amor de Deus, de acordo com os Suas desejos e Sua vontade, esse nosso amor poderá salvar a humanidade.

O amor domina o mal. O poder de Satanás é destruído no instante que mostramos amor pelos outros que nos tratam mal. Quando amamos os nossos inimigos estamos destruindo o poder de Satanás.

Devemos fazer de tudo para que o amor de Deus nos envolva, para que possamos espalhar essa graça aos outros.

O amor reproduz amor nos outros. O amor traz a vida. O amor traz o perdão. O amor destrói o mal. Sem o amor o mal vai prosperar.

Sabemos que não é fácil amar, para amar devemos ser mansos e humildes de coração e ter a coragem de renunciar a nós mesmos, ao nosso ego. Para amar devemos ser como crianças, pequeninos perante Deus.

Sem o amor de Deus não poderemos prosperar. Apenas com o amor de Deus nas nossas almas é que podemos espalhar a Sua Santa Palavra. Sem seu amor as nossas pregações serão estéreis e desprovidas de (sem) vida.

Fonte: Reporter Católico